23/04/2011

COQ E POULETTE


O Coq e a Poulette são os novos membros do CVHB. Foram-me ofertados por uma amiga que sabia da minha vontade crescente por uma capoeira ecológica.




Surpreendeu-me no dia do feriado, pois sendo mercado municipal de Trancoso, foi busca-los à feira. Não fez por menos, um macho, o Coq e uma fêmea, a Poulette. Foram os nomes que me soaram de imediato. Talvez por lembranças da minha infância pelo país do "Coq tricolor"...



E tenho de começar a socialização precocemente...não só inter-espécie mas também inter-racial...A Anúbis quis ser a primeira...

Aproveita agora Anúbis, que quando o Mister Coq crescer poderá correr contigo à bicada!



O Avalon foi o segundo...


Reconhecimento de uma sensação nova: as penas!



À noite fui coloca-los numa jaula ao quente...pois terei de pensar rapidamente em construir uma capoeira...


A Anúbis quer o aconchego deles!



Anúbis, lamento mas não podes ficar aqui..




Uma certeza: comem e bebem bem e piu piu...piu piu...piu piu...piu piu...piu piu...


O som de uma nova presença!


Hoje, estou grata pelas bênçãos recebidas!


6 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Que delícia!
Viajei no tempo Maria Paula! Quando a Ana [filha] e o Marcelo [filho] eram pequenos, em tempo da pré-escola, ganharam cada um, um pintainho....na Páscoa...
Sempre fomos amantes de animais e na época tinhamos cachorros, periquitos, maitaca, etc...E a cena que mostrou de apresentação ocorreu igual!!! Os de casa querendo ver a novidade!!!!
Então construímos uma casa de papelão para eles para passar a noite. De dia viviam soltos e andavam pela casa atrás de mim...piu...piu...e foram crescendo e viraram dois galos maravilhosos que me tinham como mãe!!!!
Eita!!! Isso faz tempo!!!!
Adorei seu post de hoje!
Beijão.
Astrid Annabelle

Maria Paula Ribeiro disse...

Astrid,

;)Linda história mesmo! Imagino a alegria que os pintainhos trouxeram.
E que tempo hein????? ;))))
Bem se for ver atrás quando me lembro da nossa "quintinha por França....;)))))

Também eles vieram em caixa de papelão mas com o tempo está instável, preparei-lhe uma jaula para eles.... bem acondicionda e botijas de água quente!;)))

Dizem que galinhas não têm cérebro, pois bem, eles bem sabem onde está o quentinho! ;)))e va de piu piu em piu piu! ;))))

Hoje mesmo os pesei: a Poulette tem 200 grama e o Coq tem 250g! ;)

A pimpim é que é de rir....acho que pensa que é um "croquette comestível" ;))))

A Jord e o Jedy, nem pensar por enquanto...

Bem-hajas pela visita
Beijo grande

Astrid Annabelle disse...

Pois tem muito "cérebro"!!!!
Sabem tudo e conhecem bem as pessoas que cuidam deles!!
Minha avó, ainda na Bahia, tinha um galinheiro com muitas galinhas...todas tinham nome e atendiam por ele....minha avó era outra alucinada por animais!!!rssss
Mais beijinhos...
Astrid Annabelle

Maria Paula Ribeiro disse...

Astrid,

;))) As nossas famílias têm raízes profundas com animais!!!! ;))))

Se eu não fosse Veterinária seria d certo agricultora com uma quintinha super mimosa! ;)))

Essa é sem sombra de dúvidas outra paixão minha...full nature!!!

E faço por isso, por uma quintinha auto-produtiva, ecológica e quiçá um dia, pedagógica! ;)))

Beijo grande!

Jeanne disse...

Olá, venho te convidar para a festa dos 1.000 acessos diários no blog http://conscienciaevida.blogspot.com . Hoje temos um convidado especial te esperando por lá.
Apareça, vamos comemorar juntos!
Abraços fraternos. :)

Joel Pinto disse...

Só mesmo tu... lol
Quando o galinheiro estiver pronto, avisa porque, na minha próxima visita, ofereço-te um casal de garnizos dos meus para acrescentares à família...
Jinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...